Participação do GPRH no XVI Colóquio Pan-Americano de Pesquisa em Enfermagem


O XVI Colóquio Pan-Americano de Pesquisa em Enfermagem é um encontro bienal de enfermagem profissional, em suas diferentes áreas de atuação: cuidados clínicos, gestão, pesquisa e treinamento de recursos humanos na Região das Américas. Abrange várias partes do mundo e conta com o apoio dos Centros Colaboradores e Redes de Pesquisa em Saúde da OPAS/OMS, desde 1988.

Este ano, a Sociedade Cubana de Enfermagem (SOCUENF) como sede e organização científica de enfermagem Cubana, em parceria com Ministério de Saúde Pública de Cuba (MINSAP) e apoio da OPAS/OMS e outras Associações e organizações nacionais e internacionais, acolheu os participantes do Colóquio, com o objetivo de socializar os resultados de pesquisas que contribuam para melhorar a qualidade e a gestão dos cuidados em saúde e de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde, como eixo fundamental para alcançar a Saúde Universal e desenvolvimento próspero e sustentável.

Uma das temáticas fundamentais foi a formação dos recursos humanos. Diversos trabalhos, em várias modalidades, abordaram a utilização das metodologias ativas de ensino; a regulamentação das profissões, possibilidades e limites das práticas profissionais; arranjos e composições interprofissionais; educação permanente e etc. Temas clássicos do campo de RH, atualizados nas experiências regionais e locais apresentadas.

Nessa perspectiva, apresentamos o histórico das pesquisas sobre recursos humanos em saúde na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), inspiradas pelo contexto sócio-político da emergência do campo da saúde coletiva. A fundação do Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão (CEALAG), vinculado ao então Departamento de Medicina Social, inaugura essa tradição na Faculdade em 1988 com a Pesquisa: Recursos Humanos e Tecnologia nas UBS, envolvendo quatro IES na cidade e estado de São Paulo.

Cadastre-se e receba nossas novidades