Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertesão Arterial


Em 26 de abril comemora-se no Brasil o “Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial”. A data tem como objetivo conscientizar a população sobre os cuidados básicos para prevenir a hipertensão arterial.

Considerado um problema de saúde pública pelo Ministério da Saúde, acredita-se que no Brasil existam mais de 30 milhões de hipertensos, sendo que, destes, apenas 10% fazem o controle correto. Tornando-se a doença de maior prevalência na população brasileira e a principal causa de morte no Brasil.

De acordo com a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) entre os principais fatores que podem levar a hipertensão está o sobrepeso e obesidade, o consumo de muito sal, sedentarismo, tabagismo, e em alguns casos, o fator hereditário. A hipertensão é uma doença silenciosa, fazendo o coração exercer uma força maior do que o normal, comprometendo o funcionamento de outros órgãos. Infarto, AVC, insuficiência cardíaca e renal são algumas das consequências maléficas desta doença.

Não existem sintomas para a hipertensão, porém, quando surgem são graves. Portanto, a prática de exercícios e uma alimentação saudável são grandes aliados contra a doença. Após os trinta anos de idade, recomenda-se a realização de exames preventivos a fim de se realizar um diagnóstico precoce.  

É importante ressaltar que a pressão arterial adequada é igual ou menor que 140/90mm Hg. Entretanto, de acordo com os cardiologistas, variações destes números são aceitáveis. Por exemplo, com o avanço da idade é normal que a pressão mude sem comprometer a saúde. Contudo, apenas um médico é capaz de dizer se esta variação é admissível.

Cadastre-se e receba nossas novidades